SEJA UM ASSOCIADO
É FÁCIL.
É ACESSÍVEL.
É AMIC.
mai
23

A AMIC completa 35 anos e é homenageada na Câmara de Vereadores de Cascavel

Na noite de ontem (22), AMIC (Associação de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Oeste do Paraná) foi homenageada na Câmara de Vereadores de Cascavel. Em maio, a entidade completa 35 anos e na cerimônia, que contou com a presença dos legisladores, diversas autoridades, representantes de outras instituições e parceiros, recebeu uma homenagem pela sua atuação e por ter se tornado a maior associação de classe da América Latina. 

A iniciativa foi do vereador Sidnei Mazutti (PSL). “Precisamos enaltecer a luta da entidade na defesa das micro e pequenas empresas. Já tive a oportunidade de fazer parte da diretoria da AMIC, e os laços que fazemos com a entidade, o conhecimento e o crescimento que acabamos adquirindo são extremamente importantes para você desenvolver sua própria empresa. A partir do momento que você compartilha as suas dificuldades e encontra outros empresários na mesma situação, é possível somar forças para encontrar soluções e formar grandes amigos”, comentou Mazutti.

Representando a prefeitura de Cascavel, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, João Alberto Soares, contou que em Cascavel existem hoje 11 mil microempresas e 85% das compras municipais são feitas por meio das chamadas MEIs. Enxergando a importância de uma associação para unir esse segmento, outros legisladores também parabenizaram a entidade. “É uma satisfação receber a AMIC na Câmara. É uma entidade que vai crescer cada vez mais, tenho certeza. Mesmo como vereador continuo com a minha empresa e permaneço como associado da AMIC. Não se completa 35 anos de história se você não faz um bom trabalho! Se a gente pensar 35 anos para trás: olha tudo que passou, quantas crises econômicas, quantas coisas aconteceram! E a AMIC continua firme, segurando muitas vezes as pontas do empresário”, disse Fernando Hallberg (PPL).

Já o presidente da Câmara, Alécio Spínola (PSC), destacou o papel social da associação. “A gente faz toda aquela movimentação para influenciar pessoas para doação de sangue no Hemocentro, para ajudar pacientes da Uopeccan. É um projeto que faz parte da minha história e a AMIC sempre foi parceira nisso.  É uma entidade que tem uma grande responsabilidade social com a nossa cidade. Isso gera uma corrente de solidariedade. Parabéns pelos 35 anos! Que os próximos presidentes possam ter essa mesma responsabilidade do Sandro, que com um jeito simples e conhecimento de grande empreendedor, possam fazer com que essa entidade possa crescer cada vez mais!”, desejou Alécio.

O presidente da AMIC, Sandro Luis Viapiana, agradeceu ao legislativo pela homenagem e ressaltou a importância do associativismo no enfrentamento de cenários econômicos desfavoráveis. “Agradeço a toda minha equipe pelo apoio e ao Mazutti pela indicação da homenagem. A AMIC vem andando a passos largos. O cenário é recessivo, mas somos extremamente otimistas e enxergamos que em momentos de crise econômica e política existem grandes oportunidades. O Brasil tem, segundo o Sebrae, 7 milhões de empresas que, em fevereiro de 2018, foram responsáveis por 72% da geração de emprego. Olha a importância da microempresa para a economia! É um desejo nosso que as lideranças olhem com outros olhos para as pequenas empresas, somos uma fonte rica para desenvolver projetos. Se tivermos apoio, a gente consegue reverter todo esse cenário, a gente produz, gera emprego e renda e mudamos a condição social”, discursou Sandro.